top of page
Buscar
  • Foto do escritorLuiz Antônio Gaulia

Comunicação interpessoal e intrapessoal.



Se eu não me escuto, não escutarei os outros. Se não me entendo, não entenderei os outros. O que quero dizer com isso? Quero dizer que comunicar não é um monólogo do tipo “um escuta e o outro dita ordens”. A comunicação é uma troca e precisa ser uma habilidade praticada diariamente através da escuta, da empatia e do autoconhecimento.


O autoconhecimento é vital para a construção de relacionamentos saudáveis e afetos capazes de fazer com que duas pessoas conversem de forma não a vencer uma guerra de palavras, mas a formar novas possibilidades e percepções capazes de construir uma mesma visão de futuro. Ao conhecer nossos gatilhos emocionais e nossas personalidades, podemos entender melhor nossas reações e assim conversar com colegas, diretores, subordinados e demais stakeholders a partir de uma perspectiva relacional do cuidado.

Saber cuidar através da comunicação e da abertura para diálogos.

A linguagem e a conexão, a conversa produtiva é a base para isso, nas relações privadas, em casa com a família e também no ambiente profissional, nas relações comunitárias, diante de um cliente aborrecido ou mesmo de um comentário malicioso nas mídias sociais. O trabalho é o local que nos demanda metas e resultados e por vezes exige cooperação e colaboração com gente que não possui laços ou afinidades conosco e traz histórias particulares sobre este ou aquele assunto e experiência.

Conversar deveria ser uma experiência sublime.

Para isso, autoconhecimento é a chave dessa dinâmica de troca, da escuta real e da empatia.

· Para líderes de equipes - a comunicação se tornou uma soft skill vital para a influência, a negociação e a capacidade de construir vínculos de confiança;

· Para líderes de líderes – a prática para a abertura do diálogo, da escuta empática e de uma comunicação de mão múltipla lidando com questões de poder, convencimento, influência e performance em momento de crise ou momentos de mudanças culturais é uma habilidade fundamental e exigida num mundo de complexidades e ambiguidades no qual o líder precisa ser o exemplo entre os pares e toda a organização.


A comunicação começa pelo diálogo e pelo autoconhecimento.

As demandas são cada vez maiores para as organizações em temas como ESG, defesa da reputação, crises de imagem, relações comunitárias e diversidade. Sem uma comunicação qualificada e assertiva nenhuma dessas questões são entendidas, praticadas, vivenciadas e validadas pelas pessoas.


Comunicar é produzir sentido.

Fale o Luiz Gaulia para saber mais como utilizar a comunicação de forma estratégica na gestão de conflitos internos e externos, como o diálogo pode ser uma alavanca de ampliação da performance dos grupos, para mudanças culturais, para uma liderança exemplar e admirada e capaz de influenciar as atitudes e percepções das pessoas, abrir o caminho para a excelência operacional e administrativa da empresa.


Vamos marcar um cafezinho e falar mais sobre sua empresa e seus desafios nas relações humanas?


Entre em contato: luizgaulia@gmail.com.

23 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

2 Comments


Luiz Gaulia
Luiz Gaulia
Jun 15, 2023

Conversas difíceis? Vejam mais aqui: https://www.linkedin.com/posts/gaulia_influaeancia-aula-comunicaaexaeto-activity-7075080572343042050-Q2U6?utm_source=share&utm_medium=member_desktop

Like

Luiz Antonio Gaulia
Luiz Antonio Gaulia
Jan 24, 2023

Reforçando: "As demandas são cada vez maiores para as organizações em temas como ESG, defesa da reputação, crises de imagem, relações comunitárias e diversidade. Sem uma comunicação qualificada e assertiva nenhuma dessas questões são entendidas, praticadas, vivenciadas e validadas pelas pessoas"

Like
bottom of page