top of page
Buscar
  • Foto do escritorLuiz Antônio Gaulia

Comunicação, Influência e Liderança


Conversar deveria ser uma experiência única entre duas pessoas.


Saber ouvir e perceber as diferentes possibilidades de realização de um trabalho, o alcance de uma meta ou a perspectiva do outro diante de um desafio deveria ser uma habilidade em permanente desenvolvimento. Especialmente para líderes de equipes e principalmente para líderes de líderes.


Empresas são redes de conversas e sem elas, não há negócio. Sem boas conversas, produtivas, abertas e cujas palavras possam construir laços de confiança e humanização das relações, não existe como um time de trabalho se sentir engajado, reconhecido, potencializado para realizar suas tarefas e missões. Precisamos de líderes comunicadores!


Mas como exercer tal influência através da comunicação?


Devemos entender que a comunicação face a face é a inda o maior obstáculo ou a maior oportunidade dentro das empresas. Alguém já disse que dois monólogos não fazem um diálogo e eu concordo plenamente. Na maioria das vezes nós estamos pensando no que iremos responder ao outro que conversa conosco. Como iremos "ganhar" a discussão? Ora, talvez essa seja uma mentalidade a ser vencida - se quisermos criar um ambiente de trabalho sem sarcasmos, hipocrisias ou mesmo jogos de poder (esse item é o mais difícil). Mas se começarmos a perceber as nossas próprias emoções, talvez esse caminho se torne mais fácil.


Nossas próprias emoções são difíceis de ser percebidas e encaradas de frente. Nesse sentido, a base de uma comunicação e uma influência verdadeira é o autoconhecimento!


Quando não entendemos nossas próprias reações e emoções, nossa comunicação é embaralhada. Falta algo. Assim também ocorre com as empresas e organizações! Uma comissão nebulosa na organização, daquele tipo que possui mais indefinições do que clareza pode ser a representação de uma empresa na qual não ser quer, propositadamente, se esclarecer fatos, direções, caminhos, modelos e atitudes. E a comunicação clara, eficiente é não apenas canal de influência mas também elo para estabelecer a confiança. Com certeza uma alavanca para o alcance de metas.


Por isso, em tempos de crises (que sempre existiram, não é?), líderes devem ter a consciência de que seus discursos precisam ser transparentes, confiáveis e que as emoções humanas são uma realidade que pode mover montanhas ou enterra sonhos. Podem ajudar a empilhar tijolos ou, muito melhor, erguer catedrais maravilhosas.


A comunicação e influência de um líder tem o poder de inspirar as pessoas comuns a realizarem feitos extraordinários!


Luiz Antônio Gaulia.

37 visualizações3 comentários

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page